Perguntas Frequentes


Para apoio em Inglês, pergunta por ajuda em ReSwitched no Discord.
Se estiveres grato por este guia, aceito Donativos.


Q: Eu estou na versão mais recente do sistema. A minha consola é hackeável?
A: Sim. Todas as Switches lançadas até agora irão eventualmente ser hackeáveis com o Fusée Gelée. Vê ktemkin’s Fusée Gelée FAQ para mais informações. Contudo, é desconhecido se a revisão de hardware “mariko”, prestes a ser lançada no mercado, será vulnerável.

Q: O quão arriscado é hackear a minha consola?
A: O brickeamento por simplesmente executar o Homebrew Launcher ou Fusée Gelée é altamente improvável. Contudo, modificar os dados guardados do Sistema e vulnerabilidades altamente privilegiadas como o Fusée Gelée podem facilmente brickar o teu sistema se tiver sido feito incorretamente. Executa só scripts PegaSwitch, Homebrew Launcher NROs, e especialmente payloads do Fusée Gelée de fontes seguras! Executar payloads de homebrew não confiáveis, tem o potencial de brickar a tua consola permanentemente.

Q: Posso fazer isto com um cartão SD de 4GB (ou mais pequeno)?
A: Isto é possível se tudo o que quiseres fazer é executar o Homebrew Launcher; porém, um cartão SD de pelo menos 64GB é obrigatório se executares um Custom Firmware como o iminente Atmosphère, porque um emuNAND da Switch ocupará até 32GB.

Q: A minha Switch declara que eu preciso de uma Atualização do Sistema para usar o meu cartão SD, posso contornar isto?
A: Sim; cartões SD acima dos 32GB vêm formatados como exFAT por omissão, a Switch não pode utilizar cartões exFAT sem instalar a Atualização de Sistema exFAT. Infelizmente, se não estiveres no ultimo firmware não poderás instalar esta atualização independentemente de atualizar o firmware da consola atual. Podes contornar isto ao usar uma ferramenta como a guiformat para formatar o cartão SD como FAT32.

Q: Como é que eu me desloco para um novo cartão SD no fim disto?
A: Simplesmente copia todos os ficheiros para o novo cartão SD.